MENU

202 anos do Município de Itapemirim
terça-feira, 27 de junho de 2017

Nesta terça-feira, dia 27 de junho de 2017, a cidade capixaba de Itapemirim comemora 202 anos. Introdutoriamente mencionaremos o aspecto histórico do município. De acordo com o Professor e Historiador Luciano Retore Moreno“Na verdade, Itapemirim tem 307 anos de história e 202 anos de emancipação política. No início do século XVIII, houve o desbravamento desta região e então surgiu a Fazenda de Açúcar, exatamente onde hoje está a cidade mais próxima. Vila nasceu um pequeno povoado, que se chamou povoação de Itapemirim em 1750. Em 1776, esta povoação de Itapemirim passou a pertencer a Guarapari que era administrado por Vila Velha. Esta povoação que já havia se transformado em Freguesia, se emancipou em 1815, no dia 27 de junho. Dom João, que fugia de problemas na Europa, mais especificamente das tropas de Napoleão Bonaparte, veio para o Brasil e aqui ele emancipou nossa região”, resume o Moreno, autor do livro: “Itapemirim – Como tudo começou”.

Inerentes a relatos históricos, evidencia a necessidade de ressaltar a importância do Rio Itapemirim, da proximidade com a capital do estado Vitória e, relativamente, com a cidade do Rio de Janeiro, na época capital do Império.

Acerca de dados geográficos, registra-se que o município de Itapemirim possui uma população estimada (2016-IBGE) em 34.585 pessoas; seu território se estende por 557,3 km²; PIB per capita (2014-IBGE) de R$ 214.282,23; está localizado no sul do Estado do Espírito Santo; seu gentílico é itapemirinense; as principais atividades econômicas de Itapemirim são a cana-de-açucar, produção de leite, agricultura familiar, a pesca e o turismo.

E por discorrer sobre o turismo, a cidade de Itapemirim possui diversos atrativos naturais turísticos e culturais, dos quais destacamos: monumento O Frade e a Freira, Praia de Itaoca, Praia de Itaipava, Praia da Gamboa, Praia do Monte Aghá, Ilha dos Franceses, Lagoa Guanandy, Rua das Palmeiras, Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo, Capela de Santo Antônio, Comunidade Quilombola de Graúna, Cultura do Jongo, Prédio histórico da antiga Câmara Municipal e Quadros do imperador Dom Pedro II e da imperatriz Teresa Cristina no plenário “João Batista Ferreira de Souza” na atual sede da Câmara Municipal de Itapemirim.

Atualmente estão em curso no município dois grandes empreendimentos portuários do setor de Petróleo e Gás. Tratam-se do C-Port Brasil da empresa americana Edison Chouest e o Terminal Itaoca Offshore. Ambos projetos certamente gerarão milhares de empregos diretos e indiretos, aumentarão consideravelmente a arrecadação de impostos a nível municipal, estadual e federal.

Oportuno se torna também mencionar que está em andamento o Terminal Pesqueiro de Itaipava. Sua estrutura permitirá o abastecimento de gelo e de óleo diesel, oficina para barcos, escola náutica, beneficiamento de pescado, centro de apoio aos pescadores e centro administrativo. Em tempo, os pescadores do Distrito de Itaipava/Itaoca são considerados os melhores profissionais do setor pesqueiro do país, sobretudo nas pescarias de: atum, dourado e meca e ainda nas atividades pesqueiras de espinhel e linha. 

As ideias acima corroboram a importância e os valores históricos, geográficos, econômicos, turísticos e culturais da cidade de Itapemirim tanto para o estado do Espírito Santo quanto para o Brasil. 

Parabéns Itapemirim!!!

 

Fonte: Site do Município de Itapemirim Por: Giliarde de Oliveira* 

CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPEMIRIM - ES
Rua Adiles André, S/N - Serramar - Itapemirim/ES - CEP: 29330000
Telefone: (28) 3529-5108 | E-mail: camara@camaraitapemirim.es.gov.br
Horário de funcionamento da Câmara: Segunda a sexta-feira de 07h00 às 18h00
Dia e horário das Sessões Plenárias: todas as terças-feiras às 18h00